[ editar artigo]

Vida de diabético: é vida de controle alimentar?

Vida de diabético: é vida de controle alimentar?

Se você é diabético, é provável que a alimentação seja um ponto chave. Mas será que precisa ser uma vida de controle alimentar constante?

Quando se trata do diabético, algumas coisas se misturam: primeiro porque muitas pessoas olham para a diabetes como uma “doencinha”, comum, que muita gente tem. Segundo porque é vista como uma “castigo”:  "- coitado, não pode comer doce!".  E com estas e tantas outras crenças, nós diabéticos, temos que conviver com este lado não tão  "doce" da vida".


Qual é a grande dificuldade do diabético? 

É que passamos anos da nossa vida EM BUSCA DO CONTROLE!!! E, acreditem não controlamos nada! O que precisamos é aprender a manejar situações cotidianas para termos sucesso.


O ciclo do sucesso diz que nossas crenças definem nosso potencial e nos leva à ação. E, consequentemente, a ter resultados.

Então, eu diria que o SUCESSO é o nosso POTENCIAL MENOS AS INTERFERÊNCIAS.


Mas se o diabético tem potencial para ter ótimos resultados, por que não tem? 

Porque as interferências não possibilitam que isto aconteça. E temos uma lista de interferências:

  • medimos a glicemia de vez em quando apenas;
  • negligenciamos a contagem de carboidratos;
  • aplicamos ou tomamos a medicação sem parâmetros glicêmicos; 
  • deixamos a desmotivação para atividade física nos manter sedentários.

E tudo isso faz com que fiquemos patinando, sem sair do lugar.

 

Como o diabético pode mudar isso?

Primeiro, quero que você tenha sempre em mente que EDUCAÇÃO EM DIABETES NÃO É PARTE DO TRATAMENTO, ELA É O PRÓPRIO TRATAMENTO!

Primeiro, isto te proporciona autoconhecimento e te confere autonomia. Ou seja, você entende o que precisa ser feito e o porquê. Então, estudar o diabetes, buscar apoio profissional, identificar como seu corpo responde serão divisores de água neste processo.

Segundo, você precisa entender que resultados excelentes são decorrentes de disciplina e organização no que tange à medicação, alimentação e atividade física.

O que você não monitora você não pode manejar/ajustar.

Uma mentalidade fortalecida, positivo geram bons insights diante de todas as situações em que somos colocados à prova. 

Tendo estes pressupostos claros, você precisa elaborar seu plano de ação.

Para começar, gostaria de propor a você escrever:

  • O que você quer? 
  • O que precisa ser feito para que esta conquista aconteça? 

E por fim é preciso executar com disciplina, pois se não tiver consistência o objetivo não será alcançado.

Ser diabético é um processo de evolução permanente, guiado pelo autoconhecimento e autorresponsabilidade, em que diariamente semeamos.

Você já parou para observar como anda a sua semeadura?

Sua Saúde

Nutri & Você
Rubia Santos
Rubia Santos Seguir

O meu propósito é conectar pessoas com a sua melhor versão embasado na relação amorosa e gentil da identidade alimentar com o objetivo, onde olhar para o comportamento alimentar é condição primordial para alavancar resultados!

Ler conteúdo completo
Indicados para você